comi o cuzinho de minha sobrinha

Moro em São Paulo, tenho 35 anos, e minha mais gostosa relação sexual aconteceu com minha sobrinha de 20 anos.
Moro sozinho em um apartamento, e costumo ir frequentemente passear na casa de minha irmã, e num desses passeios, encontrei sozinha em casa minha sobrinha , limpando acasa, com uma sainha curta e ouvindo músicas, enquanto minha irmã tinha saído. Ela é bem extrovertida e sexy e adora provocar e sentir-se desejada. Eu como de costume, elogiei suas roupas e seu corpo, e ela sempre sorria e agradecia, mas nesse dia, quando elogiei ela me olhou e sorrindo me provocou perguntando: gostaria de experimentar?, eu olhei bem para ela, e respondi que seria uma maravilha sorrindo mas levando na brincadeira, então ela me disse que apareceria mais tarde lá no meu apartamento, e eu claro não dando muita bola, disse que estaria esperando, e fui embora.
Lá pelas 18:00hrs, para minha surpresa, o interfone toca, e ouço a linda voz de minha sobrinha, não acreditando. Ela entrou, e sorriu dizendo: não falei que viria?, olhei e perguntei se aquela conversa era séria, e ela me respondeu vindo para cima de mim me beijar. Como todo homem, sou fraco e não resisti e nossas bocas se encontraram em beijos deliciosos e molhados. Senti toda a experiência de minha sobrinha em seus beijos e percebi que não era nada santinha como sua mãe achava. Ao mesmo tempo que à beijava, levantei sua saia, e apertei sua bunda com minha duas mãos, e ela já demonstrava sinais de excitação. Levei-a para o quarto, e ali deitei ela na cama e tirei toda sua roupa, olhei para aquele corpinho maravilhoso dela, e caí de boca na sua buceta gostosa, chupando e deixando ela louca de tesão gemendo gostoso, e cada chupada sentia sua buceta mais molhada ,e logo ela me deitou e foi a vez dela me chupar e colocar todo o meu pau na boca.
Logo em seguida, coloquei ela de quatro e comecei a meter em sua buceta gostosa, e minha sobrinha gemia gostoso pedindo mais fundo, e aquilo me deixava mais louco. Olhava para aquela bunda maravilhosa e ficava pensando se eu comeria aquela bunda, e foi aí que resolvi passar meu pau devagar ao redor de seu cuzinho para ver se ela negaria, mas o que eu ouvia, eram apenas gemidos de prazer, e aos poucos fui enfiando meu pau no cuzinho de minha sobrinha enquanto ela gemia mais alto. Quando consegui enfiar tudo, dava soquinhos para deixa-la mais excitada, e ela disse que iria gozar, e num gemido meio alto, gozou maravilhosamente, e eu fiquei com vontade de gozar dentro do cuzinho dela, e ali enfiava e tirava, até que numa enfiada forte, gozei tudo dentro do cuzinho dela. Que cuzinho gostoso!!!!!!!! que gozada gostosa!!!!!!!!!. Nos deitamos já cansados e com dores nas pernas por causa da posição, mas não tirei meu pau lá de dentro do cuzinho, deixei ele amolecer lá dentro. Depois tomamos um banho juntos, e logo ela foi embora, mas me avisou que vai querer novamente sentir meu pau penetrando-a.