encoxada caliente no onibus

Olá, quero contar um delicioso conto sensual que aconteceu comigo. Vou me apresentar: sou morena, 26 aninhos, cabelos médios ondulados, olhos verdes, modéstia a parte, sou bem deliciosa,rsrs.
No momento não estou namorando, e ao me deitar me sinto sozinha e acabo sempre me masturbando na cama, e toda esta excitação me faz ir para a faculdade com um pouco de tesão. E num desses dias pegando o ônibus para ir para a aula aconteceu o que quero contar. Estava usando um vestido bem leve bordado com flores, um pouco abaixo do joelho, por debaixo um sutiã de algodão branco e uma calcinha fio dental branquinha. O ônibus aos poucos foi ficando lotado, estava de pé me apoiando no encosto de uma cadeira, e não demorou muito, senti uma pressão e um perfume cheiroso atrás de mim… dei uma olhada pelo espelho do ônibus e vi um moreno muito bonito e bem arrumado, ele sorriu pra mim, me tirando um sorriso também… e a medida que entrava passageiros, ele ficava mais próximo, e senti seu pênis já endurecido tentando se encaixar na minha bundinha mesmo por cima do vestido… comecei à ficar com muito calor e excitada… seu cacete se esfregava na minha bunda… roçando… forçando… fui ficando louca…minha xoxotinha ficando molhadinha… ele ia esfregando e eu ia ficando com as pernas meio bambas, então notei que o rapaz que estava sentado na cadeira bem na minha frente percebeu tudo e tentou entrar na folia… deixou o braço bem pertinho da minha xotinha e eu fiquei roçando ela no ombro dele… o de trás colocou seu membro bem no meio do meu bumbum chegando a empurrar o vestido para dentro… os bicos dos meus seios estavam durinhos… o rapaz da frente foi bem ousado, quando lentamente abaixou a mão por de trás de minha bolsa e enfiou seu braço por debaixo do meu vestido chegando com os dedos em minha calcinha que já estava ficando lambuzada, e ali ficou brincando com o dedinho nela. Não tinha como ninguém ver pois além de lotado, nossas bolsas camuflavam os atos, Mas eu estava com uma cara muito safada e me esforçava para não gemer ali dentro, e meu tesão era muito, tanto que acabei gozando no dedo dele, e o outro que estava me encoxando acabou gozando também… senti ele esporrando dentro da calça, mas continuou ali até quando chegou meu ponto de parada. Acabei descendo, mas antes olhei para eles e pude ver em seus rostos a vontade de me comerem, mas aí já é exagero,rsrs. A partir deste dia, adoro ser encoxada, mas não passa disto, sexo mesmo somente com um namorado.